Senac
 
Fecomercio
Rio de Janeiro

Sesc Copacabana

Notícias

Pietá lança Santo Sossego dia 3 de agosto no Sesc Copacabana

Caio Prado faz participação especial no show em Copacabana Além do Rio, São Paulo, Belo Horizonte e Porto Alegre estão na rota inaugural da turnê 2019


publicado em 01-08-19

imprimir

É chegada a hora de anunciar a turnê de lançamento da Pietá! Santo Sossego, o segundo álbum da banda, assume uma poética mais dedo em riste, abrindo passagem para o que Juliana Linhares (voz), Frederico Demarca (violões) e Rafael Lorga (bateria) têm a dizer, com a energia urbana que amarra a sonoridade do trio. Violinos e clarinetes deram vez a guitarras e sintetizadores, tocados por Elísio Freitas e Ivo Senra, respectivamente, e o show cresceu em potência. O Rio de Janeiro será a segunda cidade a ver o novo show da Pietá! Será no sábado, 3 de agosto, no Sesc Copacabana, com participação especial de Caio Prado e ingressos a R$ 30.

São Paulo (1º de agosto, no Mundo Pensante), Belo Horizonte (9 de agosto, no Espaço Do Ar) e Porto Alegre (22 de agosto, no Agulha) também estão entre as primeiras cidades a receber o show da Pietá, que se mantém coesa e vê a sua música ganhar novos contornos diante do público e de seus pares. Os cantores e compositores Letrux e Thiago Amud, por exemplo, cada um ligado a uma vertente da nova música popular brasileira, escreveram textos apaixonados sobre a bolacha.

SANTO SOSSEGO vem permeado por respiros em busca de uma paz tão desejada quanto fictícia. Como viver tranquilamente conhecendo o caos ao redor? De que modo ser pleno com essa pós verdade política, tamanho desrespeito ao feminino e essa horda de falsos moralistas no poder? No tratado sobre os novos tempos que o disco representa, o que se ouve, além da sonoridade mais crua e contemporânea, é a quebra da expectativa de uma suposta religiosidade que os nomes da banda – homônima à escultura francesa de Michelangelo, de 1499 – e do álbum trazem.

O roteiro coloca no altar as dez faixas do álbum, um punhado de belas canções, orações, citações, poesias, manifestos. SANTO SOSSEGO é sobre cantar e revelar urgências. Produzida por Jr. Tostoi, a bolacha ainda conta com as participações vocais de Josyara, Ilessi, Livia Nestrovski, Khrystal e Caio Prado. Sucessos do primeiríssimo “Leve o que quiser” (2015) estão previstos, entre eles “A vingança de cunhã” (Frederico Demarca e Thiago Thiago de Mello), “Teu” (Demarca) e a faixa-título, de Rafael Lorga e Elvis Marlon.

Breves linhas sobre as novas músicas

“Pietá” (Frederico Demarca e Renato Frazão) abre o disco com a denúncia e o cansaço da tentativa de sobreviver nesses tempos absurdos de falência política. “Suçuarana” (Demarca e Iara Ferreira) defende a mulher que é preciso ser quando a o feminino é diminuído, fazendo uma analogia com a onça nordestina. Já “Doidecê” (Demarca) narra a trajetória de uma mulher meio cabocla, meio urbana, entre os acontecimentos frenéticos de uma cidade que insiste em nos endoidecer.

Em “Oração pra Luzia” é a primeira parceria entre Juliana, Frederico e Rafael e, portanto, se tornou especial para o trio. É um devaneio poético nascido sob as cinzas do incêndio no Museu Nacional. “As coisas” (Demarca e Marcelo Fedrá) faz um convite para olharmos de forma mais sensível e atenta às dimensões da vida. Parceria inaugural da dupla Fred Demarca e Rafael Lorga, “Virará” ganhou muita vida na voz da Juliana. Foi o primeiro single do disco, lançado no final de 2018. É um canto de resistência.

Que tal um sermão rasgado pelo discurso de um Jesus mulher? “Jabaculê” (Demarca) cospe na cara dos falsos moralistas que estão no poder, com um pedaço do texto de “O Evangelho segundo Jesus, Rainha do céu”, da dramaturga inglesa Jo Clifford. “Oração pro Rio” (Demarca e Claos Mozi), “Mar de Sonhos” (Demarca e Lorga) e "Iara Ira" (Demarca e Renato Frazão) – escrita para o show fortíssimo, de mesmo nome, que Juliana criou com Júlia Vargas e Duda Brack – encerram este “SANTO SOSSEGO”, já considerado um clássico da Pietá.

SERVIÇO
PIETÁ NO RIO DE JANEIRO (Participação de Caio Prado)

QUANDO: sábado, 3 de agosto, às 20h
ONDE: Arena do Sesc Copacabana (Rua Domingos Ferreira, 160, Copacabana
QUANTO: R$ 7,50 (associado do Sesc), R$ 15 (meia), R$ 30 (inteira). Ingresso solidário R$ 15 (meia) com a doação de 1 kg de alimento para o Projeto Mesa Brasil do Sesc RJ
BILHETERIA: De terça a sexta, das 9h às 20h; sábados, domingos e feriados, das 12h às 20h. Informações: (21) 2547-0156