Senac
 
Fecomercio
Rio de Janeiro

Notícias

Ao mestre com carinho

Oscar Niemeyer, arquiteto que projetou o Sesc Copacabana, deixa saudades


publicado em 06-12-12

imprimir

Em 1995, o Rio conheceu um conceito novo em arquitetura: no número 160 da Rua Domingos Ferreira, em Copacabana, um único prédio abrigava um hotel e um centro cultural. O edifício, projetado por Oscar Niemeyer para o Sesc, é apenas um capítulo na riquíssima história do arquiteto, que nos deixou nesta quarta-feira, aos 104 anos de idade.


Ondas marcam a fachada do Sesc Copacabana (foto: Antônio Pinheiro)

Conhecido por seu trabalho que valorizava as curvas e revolucionou o uso do concreto armado, Niemeyer era muito mais que um arquiteto brasileiro: era um profissional do mundo. E, assim, marcou a paisagem urbana do Brasil e de diversos países planeta afora.

Na fachada do Sesc, as célebres curvas também estão presentes, em ondas amarelas que remetem à mundialmente famosa Praia de Copacabana. São elas que amenizam as linhas retas da construção e deliciam os olhos dos passantes. Seu escritório também ficava no bairro, num prédio diante do mar igualmente marcado por elegantes linhas curvilíneas.

Ao mestre, com carinho, a nossa homenagem e as nossas saudades.