Senac
 
Fecomercio
Rio de Janeiro

Notícias

Sesc RJ volta às quadras e encara o Ribeirão Preto nesta quarta, no Tijuca Tênis Clube

Equipe comandada pelo técnico Giovane Gávio quer começar o ano com mais um triunfo em casa para garantir terceiro lugar na classificação da Superliga masculina


publicado em 07-01-20

imprimir

Após a parada de final de ano, o Sesc RJ volta às quadras pela Superliga masculina 19/20 nesta quarta-feira (08.01). Em quarto lugar na competição, o time carioca receberá o Pacaembu/Ribeirão Preto, às 19h30, no ginásio do Tijuca Tênis Clube, em busca de melhorar sua colocação na última rodada do primeiro turno. Para isso, aposta no bom momento do time e no trabalho realizado já em 2020.

Com uma pequena paralização para as festas de final de ano, o técnico Giovane Gávio retomou os treinamentos do Sesc RJ já nos primeiros dias do ano. E espera que a pausa tenha recarregado as baterias de seus comandados.

“Foi uma ótima parada. Deu para descansar bastante, mas já estamos trabalhando forte há algum tempo. Queremos iniciar o ano com tudo, para encerrar o primeiro turno da Superliga com um bom resultado. Tivemos algumas atuações ruins nesta primeira fase da competição, principalmente contra o Sada Cruzeiro e Sesi. Poderíamos ter levado o jogo contra o Campinas, em casa, mas no restante das partidas estivemos bem. Estamos crescendo e a expectativa é que isso se concretize neste ano. Jogando mais vezes, conseguiremos chegar ao alto padrão de jogo que queremos”, analisou Giovane.

O Sesc RJ ocupa a quarta posição na tabela de classificação da Superliga masculina, com 21 pontos, e pode, caso consiga uma vitória nesta quarta, e dependendo do resultado do jogo entre Sesi e Taubaté, subir para o terceiro lugar. Além de levantar o moral, essa combinação ajudaria a equipe também na disputa da Copa Brasil.

“Estamos focados e muito comprometidos em alcançar uma vitória nesta quarta para tentar melhorar nossa classificação na Superliga e também para garantir um melhor confronto na Copa Brasil. Mas enquanto nós buscamos nossos objetivos, nosso adversário quer se manter no G8. Sem dúvida será um jogo duro”, disse o líbero Tiago Brendle.

Do outro lado da quadra, o Ribeirão Preto conta com o lendário líbero Serginho. Mas a admiração dos amigos do Sesc RJ pelo bicampeão olímpico ficará para o pós-jogo. Enquanto a bola estiver em jogo, a ordem é colocar em prática todo o trabalho realizado nos últimos dias para conseguir uma vitória.

“Estamos há 20 dias sem jogar, mas acertamos na folga de final de ano e continuamos a treinar. Sem dúvida chegamos a esse jogo preparados fisicamente, tecnicamente e organizados taticamente. Teremos pela frente o Serginho, uma referência na minha função e um líder da sua equipe. Admiro muito seu trabalho e pessoa, somos amigos, mas enquanto a bola estiver em jogo, haverá rivalidade. Depois, ao final da partida, teremos abraços, conversa e risadas”, finalizou Tiago Brendle.

Transmissão ao vivo
O confronto entre Sesc RJ e Pacaembu/Ribeirão Preto terá transmissão do Canal Vôlei Brasil através do Pay Per View. Os torcedores do Sesc RJ que queiram fazer a assinatura de um plano terão 10% de desconto ao usarem o cupom sescrjmasculino10, acessando pelo link: http://bit.ly/2WTuHtH.

Ingressos
O ingresso para a partida entre Sesc RJ e Pacaembu/Ribeirão Preto será a troca de 2 kg (dois quilos) de alimentos não perecíveis, realizada no Tijuca Tênis Clube, a partir das 17h30 de quarta-feira (08.01). Os donativos serão revertidos para instituições de assistência social previamente cadastradas no Mesa Brasil Sesc no estado do Rio de Janeiro.

Credenciamento
Os jornalistas interessados em cobrir o jogo nesta quarta (08.01), no Tijuca Tênis Clube, precisam obrigatoriamente fazer credenciamento através do email: livia@aceee.com.br enviando nome completo, veículo para o qual trabalha e RG até as 18h do dia do confronto.

Fotos: Marcio Mercante

Mesa Brasil Sesc RJ

Os jogos das equipes feminina e masculina de vôlei do Sesc RJ disputados no Rio de Janeiro têm como entrada 2kg de alimentos não perecíveis, destinados ao ‘Mesa Brasil Sesc RJ’, programa social do Sesc RJ que visa a minimizar os efeitos da fome e do desperdício. Criado em 2000, o Mesa Brasil Sesc, no estado do Rio de Janeiro, recolhe doações de produtos alimentícios em condições de consumo, ainda que eventualmente com baixo valor comercial, e os distribui a instituições de assistência social previamente cadastradas, como asilos, creches, orfanatos, entre outras instituições. O programa atende no estado do Rio de Janeiro a mais de 850 instituições sociais, tendo uma abrangência superior a 90% dos municípios fluminenses. Além das doações, as entidades também recebem mensalmente ações educativas com o objetivo de ensinar o aproveitamento integral de alimentos, com a utilização de cascas, sementes e talos, na elaboração de receitas nutritivas e saborosas.

Os alimentos podem ser trocados por ingressos com antecedência nas unidades do Sesc RJ e em dias de jogos nas bilheterias do Ginásio Álvaro Vieira Lima (Tijuca Tênis Clube), sempre duas horas antes do início das partidas.