Senac
 
Fecomercio
Rio de Janeiro

Notícias

Sesc RJ disputa título da Supercopa feminina e faz sua estreia na Superliga masculina

Time comandado por Bernardinho enfrenta o Camponesa/Minas pela Supercopa na sexta (13.10) e contra o Sesi SP, pela Superliga na terça (17/10). Já o masculino, de Giovane Gávio, faz sua estreia na Superliga contra o SEM Taubaté Funvic neste sábado (14/10)


publicado em 11-10-17

imprimir

Os times de vôlei feminino e masculino do Sesc RJ, que acabam de conquistar os estaduais, fazem sua estreia, nesta semana, na temporada nacional. Atual bicampeão da Supercopa, o time feminino, comandado por Bernardinho, vai em busca do tri. A equipe entra em quadra nesta sexta (13.10) contra o Camponesa/Minas, às 21h30, em Fortaleza (CE), com transmissão pela Sportv.

A equipe chega à competição com o título de campeão carioca recém conquistado após ter derrotado o Fluminense na final do estadual no último domingo (08.10). Sempre comedido e acostumado a conquistar títulos, Bernardinho sabe que terá muito trabalho para manter a supremacia, tanto na Supercopa quanto nas demais competições da temporada.

“Começamos as competições nacionais com um time que conseguiu se manter à frente, mesmo enfrentando dificuldades, como a ausência da Gabi, que passou por uma cirurgia e ficará os próximos dois ou três meses longe da competição e da Juciely, que também está retornando agora após uma cirurgia. Mas o sistema tem funcionado bem, com as jogadoras novas se integrando à equipe, e vamos nos manter competitivos frente aos próximos adversários, que são muito fortes”, avalia o técnico Bernardinho

A capitã Roberta levantou seu primeiro troféu no posto, o do Carioca, no último domingo, e mostrou confiança. “Esperamos fazer uma ótima Supercopa e dar início bem à Superliga. Nosso objetivo é diminuir os erros. Neste ano, me sinto ainda mais segura, habituada a trabalhar com o Bernardo e temos um bom entrosamento entre a equipe”, afirma.

Já na Superliga 2017-2018, é o time masculino quem começa. A equipe, que levantou o troféu do Carioca na última terça, faz sua estreia na competição nacional neste sábado (14.10) contra o SEM Taubaté Funvic. O jogo será, às 14h, no Tijuca Tênis Clube, com transmissão pela Sportv e pela Rede TV. É a primeira vez que o time do técnico Giovane Gávio disputa o principal título do vôlei nacional, após ter conquistado a vaga ao vencer a Superliga B na última temporada.

Giovane Gávio fala do desafio de comandar a equipe na Superliga pela primeira vez. “Após a vitória no Carioca, temos apenas dois dias para construir o próximo jogo. Agora é o momento de fazer esse time crescer e de medir força com os melhores times do Brasil”, afirma.

O levantador Thiaguinho dá um exemplo da pressão que o time vai enfrentar.  “O primeiro jogo já é sábado, então temos pouco tempo para acertarmos os detalhes. Vai ser uma Superliga muito equilibrada, uma das mais equilibradas dos últimos anos. Vamos encarar todos os jogos como se fossem uma final e vamos encarar os treinamentos como jogos. O primeiro jogo é contra o Taubaté que acabou de ser Campeão Paulista, então vai ser uma pedreira, temos que estar preparados”, avalia.

FEMININO NA SUPERLIGA

Já na terça (17.10), é a vez do time feminino enfrentar seu primeiro adversário na Superliga, o Sesi SP. A partida será às 21h30, em São Paulo, com transmissão ao vivo pela Sportv. Atual campeão da Superliga, o feminino do Sesc RJ conquistou o título por 12 vezes, vencendo as últimas cinco temporadas consecutivas.

OUTUBRO ROSA

Em todos esses jogos, até o final deste mês, os torcedores poderão ver os líberos das equipes masculina e feminina do Sesc RJ jogando de uniforme rosa. A ação faz parte da celebração do Outubro Rosa, mês de conscientização sobre a prevenção e combate ao câncer de mama. 

PROGRAMA SESC ESPORTE

Os times de vôlei feminino e masculino do Sesc RJ integram o pilar de Rendimento Esportivo do Programa Sesc Esporte, que busca melhorar a qualidade de vida de crianças, adolescentes e adultos por meio da prática esportiva. Com os times de alto rendimento, formados por atletas de referência na modalidade, o Sesc RJ inspira esse público a praticar atividade física e adotar hábitos saudáveis no seu dia a dia. Um ano após o lançamento das equipes, os resultados nesse pilar são os títulos do Campeonato Carioca e da Superliga B (masculino), além da conquista da Superliga e do vice-campeonato no Mundial de Clubes 2017 (feminino).

No pilar de Iniciação e Formação Esportiva (4 a 17 anos), houve um aumento de 36% no número de alunos inscritos em modalidades esportivas, passando de 2.800 alunos inscritos em agosto de 2016 para 3.800 em agosto 2017. Já o pilar Condicionamento Físico (acima de 18 anos) registrou aumento de 12% em número de inscritos em agosto de 2017 em relação ao mesmo mês do ano passado, passando de 7.200 para 8.050 alunos. No total dos dois pilares, agosto de 2017 registrava 13.200 alunos contra 11.800 do mesmo mês de 2016. São oferecidas 27 modalidades, sendo 18 esportivas e 9 de condicionamento físico.

RESULTADOS DO PROGRAMA SESC ESPORTE
Pilar Rendimento Esportivo (times masculino e feminino):
Feminino
- Campeão da Superliga 16/17
- Vice-campeão Mundial 2016
- Campeão Sul-americano 2016
Masculino
- Campeão da Superliga B  16/17 (Conquista da vaga na Superliga)
- Campeão Estadual 2016

Pilar Iniciação e Formação Esportiva – modalidades esportivas (4 a 17 anos):
- Aumento de 36% em relação ao mesmo período de 2016
- 2.800 alunos inscritos em agosto de 2016 para 3.800 alunos inscritos em agosto de 2017 – alunos de 4 a 17 anos
- 1.300 alunos inscritos acima de 18 anos
Pilar Condicionamento Físico – aulas de bem-estar (acima de 18 anos)
- Aumento de 12% em relação ao mesmo período de 2016
- 7.200 alunos inscritos em agosto de 2016 para 8.050 alunos inscritos em agosto de 2017 – incluindo a modalidade Balé

TOTAL PROGRAMA SESC ESPORTE
Total de alunos do Programa Sesc Esporte (esporte e bem-estar): 13.200 em agosto de 2017 contra 11.800 em agosto de 2016