Senac
 
Fecomercio
Rio de Janeiro

Notícias

Rexona-Sesc na semifinal do Sul-Americano de clubes

Equipe carioca garantiu primeiro lugar de seu grupo em jogo contra o San Martin


publicado em 17-02-17

imprimir

Em duelo pelo grupo B da competição, a equipe carioca entrou em quadra contra o San Martin com Drussyla no lugar da ponteira Anne, poupada pela comissão técnica, e venceu por 3 sets a 0, parciais de 25-16, 25-11 e 25-16, garantindo o primeiro posto de sua chave. Nesta sexta, às 18h30, Bernardinho e cia. terão pela frente o Villa Dora, da Argentina, por uma vaga na decisão.

O saque foi fundamental para a vitória do Rexona-Sesc. Para Monique, o fundamento serviu para neutralizar as principais jogadas da equipe peruana.

- Sabíamos que hoje seria muito mais difícil. É um time mais experiente e com mais volume de jogo. Mas nosso saque funcionou muito bem. Todo mundo conseguiu boas sequências e isso ajudou muito o bloqueio também. Nos preparamos para neutralizar a Leyva e tudo funcionou bem. Foi uma vitória importante, mas agora é descansar e já começar a pensar no Villa Dora - analisou a oposta Monique.

Para a líbero Fabi, o Rexona-Sesc precisa entrar em quadra concentrado para evitar qualquer tipo de vacilo, que possa atrapalhar o time.

- O Villa é um time muito tradicional da Argentina. E todo time argentino é vibrante, tem bom volume de jogo, com muitas defesas. Sabemos a importância desse jogo e precisamos estar concentradas, porque qualquer vacilo pode comprometer nosso objetivo. Vamos tentar estudá-las. Toda informação é importante em uma semifinal. Vamos entrar com tudo em busca dessa vaga na final - finalizou Fabi.

Brigando pela outra vaga na final, Dentil/Praia Clube e San Martin se enfrentarão às 20h30. Os vencedores disputam a final, no sábado, às 21h. O campeão do Sul-Americano de clubes garante uma vaga no Mundial de Clubes 2017, em Kobe, no Japão.