Senac
 
Fecomercio
Rio de Janeiro

Notícias

Sesc apresenta a nova música

Projeto que reúne nova geração de artistas e nomes consagrados da MPB começa dia 26/4, com Liniker e Rita Benneditto


publicado em 25-04-16

imprimir

O convite está feito: ao público e aos artistas. Nos palcos do Teatro Sesc Ginástico, uma série de shows imperdíveis. A ideia é fazer com que um artista da nova geração, identificado com a diversidade da cena cultural contemporânea e ligado à tecnologia na distribuição e produção de seus discos, convide para dividir o palco um grande nome da música popular brasileira, que seja referência musical e tenha a carreira já consolidada.

Assim, o encontro, deliciosamente imprevisível por não ter uma direção musical definida, permite não somente desfrutar do que há de melhor na produção musical brasileira, mas também refletir e discutir afinidades artísticas e práticas profissionais alinhadas à cena independente.

Serão seis apresentações, entre os dias 26/4 a 31/5, sempre às terças, às 19h30. Os ingressos custam R$ 5 (assoc. Sesc), R$ 10 (meia-entrada) e R$ 20. Conheça um pouco mais desses novos artistas e o que eles têm a dizer, tocar e cantar.

26/4 > Liniker convida Rita Benneditto

Liniker e Os Caramelows é um grupo musical que traduz a black music e o soul para um sotaque contemporâneo e brasileiro. Com composições autorais em português, tem como tema central os relacionamentos e o amor. A guitarra funkeada, o baixo e bateria swingados e os instrumentos de sopro sempre presentes montam um clima intimista. O repertório faz o público dançar e cantar junto. As letras falam do hoje, da geração do artista, seus amores e seu entendimento sobre gênero e identidade.

Veja e escute Liniker cantando “Zero”.

 

3/5 > Karol Conká  convida Sandra de Sá

Karoline dos Santos Oliveira, mais conhecida nos palcos e nas redes sociais como Karol Conká, é uma rapper, cantora e compositora nascida no Paraná. É considerada uma das principais representantes do rap feminino dos últimos tempos no país. Com diversos videoclipes e registros de shows no YouTube, descreve um estilo de trabalho de um gênero híbrido e diverso.

Escute Karol Conká cantando “Gandaia”.

10/5 > André Sampaio e Os AfroMandinga convidam Lenine

André Sampaio é conhecido do grande público como guitarrista e compositor da banda de reggae Ponto de Equilíbrio. Seu trabalho com os AfroMandinga propõe um diálogo entre tradições de matriz africana e música moderna com instrumentos eletrificados, numa linguagem que mescla afrobeat, samba rock e dub com cantos e expressões inspirados em cantigas de capoeira angola, samba de terreiro, candomblé, cantos dos Griôs, dos Nyabinghi e dos bluesman do Missisipi.

Escute André Sampaio e Os AfroMandinga tocando “O que fazer?”.

 

17/5 > Ava Rocha convida André Abujamra

Ava Patrya Yndia Yracema, filha do cineasta Glauber Rocha, tem uma poética própria. Em seu trabalho, o mar está sempre presente. Nela, a mulher não é a que você procura. Sua musicalidade lembra uma onda suave. Tem uma quebrada dissonante, mudanças de clima de uma faixa para outra e muitas dinâmicas numa só canção.

Escute Ava Rocha cantando “Você não vai passar”.

 

24/5 > Maíra Freitas convida Ed Motta

Pianista, cantora e arranjadora formada pela Escola de Música da UFRJ, Maíra tem uma carreira extensa como pianista erudita. Filha de Martinho da Vila, estreou como cantora e instrumentista no disco Poetas da Cidade. Lançou em 2011, pelo selo Biscoito Fino, um disco que leva o seu nome, com três faixas de sua autoria, produzido por sua irmã, Mart'nália.

Escute Maíra Freitas cantando “Volta”.

 

31/5 > Fernando Temporão convida Erasmo Carlos

Fernando iniciou sua carreira musical em 2005, quando fundou o grupo Sereno da Madrugada ao lado de Patrícia Oliveira, Miguel Garcia e Alfredo Alves.  Seu primeiro álbum solo, De dentro da gaveta da alma da gente, foi lançado de forma independente e segue um tom mais contemporâneo, com arranjos de Arthur Verocai e parcerias com Mauro Aguiar e Domenico Lancellotti. Foi indicado por diversos sites especializados como um dos melhores de 2013.

Escute Fernando Temporão cantando a música que dá nome ao seu disco, “De dentro da gaveta da alma da gente”.