Senac
 
Fecomercio
Rio de Janeiro

Notícias

Sesc Copacabana recebe espetáculos da Colômbia

Projeto Encontro com o Teatro Colombiano também conta com oficina e debate


publicado em 20-09-16

imprimir

Os jogos olímpicos acabaram, mas a conexão do Rio com a cultura de outros países continua. Em setembro, o Sesc Copacabana recebe dois espetáculos colombianos pela primeira vez em palcos cariocas.

Nos dias 20 e 21/9, a companhia La Congregación Teatro encena “Camargo”. O texto reconstrói a vida do serial killer colombiano Daniel Camargo Barbosa (1930-1994). La Bestia de los Manglares – ou, em bom português, a Besta dos Manguezais –, como foi apelidado, teria matado mais de 150 mulheres na Colômbia e no Equador nas décadas de 1970 e 80. Envolto em um clima de suspense e mistério, o público ocupa cadeiras ao longo de uma mesa na qual os personagens gravitam. O espetáculo joga luz sobre as alegações e práticas do serial killer, confrontando-as com o ponto de vista das vítimas.



Já o coletivo Teatro Del Embuste apresenta “Rebú” de 23 a 25/9. Trata-se de uma adaptação livre e espontânea do texto do dramaturgo carioca Jô Bilac, encenado pela primeira vez em 2009. Esta nova montagem é ambientada no inverno de 1894, num gelado fiorde a oeste da Noruega, onde um casal recebe dois visitantes inusitados. A relação entre os personagens faz florescer os segredos mais terríveis e inconfessáveis de cada um deles.

Os dois espetáculos integram o Encontro com o Teatro Colombiano, que conta ainda com uma oficina (veja na agenda) e um intercâmbio de ideias com os realizadores.

Agenda

“Camargo” - La Congregación Teatro
20 e 21/9 - às 21h
Ingressos: R$ 5 (assoc. Sesc), R$ 10 (meia-entrada), R$ 20
18 anos

“Rebú” -  Teatro Del Embuste
23 a 25/9 – 21h (sexta e sábado) e 20h (domingo)
Ingressos: R$ 5 (assoc. Sesc), R$ 10 (meia-entrada), R$ 20
12 anos

Oficina Corpo e Movimento - com Hernán Cabiativa
19 a 23/9 (segunda, quarta e sexta) - às 13h
Grátis
16 anos

Intercâmbio de Pensamentos
22/9 (quinta-feira) - das 10h às 14h
Grátis
16 anos