Senac
 
Fecomercio
Rio de Janeiro

Notícias

Sesc RJ apresenta o Sesc Entre Dança

Além de espetáculos no Sesc Ginástico, a terceira edição do projeto leva oficinas ao Sesc Copacabana e ao Sesc Niterói


publicado em 27-04-17

imprimir

O projeto Sesc Entre Dança sobe ao palco do Teatro Sesc Ginástico a partir do dia 4 de maio (quinta-feira), com espetáculos inéditos de cinco companhias. Além das apresentações, sempre de quinta a domingo, os bailarinos vão oferecer oficinas no Sesc Copacabana e no Sesc Niterói. Os ingressos para os espetáculos custam a partir de R$ 6 para associados Sesc RJ e as oficinas são gratuitas.

Nesta terceira edição, O Sesc Entre Dança reúne artistas que trabalham com a temática de corpos marginalizados ou corpos à margem, sejam elas delimitadas pela geografia e condições sociais, como os corpos periféricos da Companhia Urbana de Dança, ou estabelecidas pela constituição física e a diferença, como os corpos empoderados do Grupo Gira Dança. Há ainda as margens ausentes, marcadas pela falta, como os corpos utópicos propostos pela Cie Toula Limnaios, ou os corpos tristes da Renato Vieira Cia de Dança, onde a felicidade se retrai; assim como os corpos apartados pelo afastamento e a solidão, elaborados pelo Grupo Cena 11.

Reafirmando a importância da dança e a necessidade de ampliar a presença desta linguagem nos palcos do estado, o Sesc RJ, que já mantem pautas de dança contemporânea nas unidades, em especial no Sesc Copacabana, abre o maior teatro de sua rede exclusivamente para estas companhias. Com o Projeto Sesc Entre Dança, a instituição cria um momento de potencialização da ação estética do movimento em toda a sua diversidade, contribuindo em âmbito nacional para a difusão de trabalhos de excelência no estado do Rio de Janeiro.

Espetáculos

- “die einen, die anderen (alguns outros)” | Grupo Gira Dança e Cie. Toula Limnaios: Em 2017 será a sexta vez em que a Cia. toula limnaios estará no Brasil, e foi numa destas viagens que a companhia alemã conheceu a companhia Gira Dança. A partir da vontade em colaborar/cooperar, uma coprodução internacional agora se realiza em “corpo utópico ou o um e o outro”. A companhia Giradança com sede em Natal/RN, trabalha com bailarinos com ou sem deficiência, e respeitar cada um com a sua individualidade acaba se tornando o centro do trabalho e de sua estética. A peça é inspirada na palestra radiofônica “O corpo utópico” realizada em 1966 pelo filósofo francês Michel Foucault. Com a fala "meu corpo, topia desapiedada.", o pensador começa a palestra, em que  examina o corpo como uma área, um território simultaneamente individual e "lugar" que compartilhamos em comum. Através de fantasmas e de várias ferramentas possíveis, o corpo é ao mesmo tempo sujeito e objeto das utopias do ser humano. “die einen, die anderen (alguns outros)” foi financiado pelo Estado de Berlim, Departamento do Senado para a Cultura e da Europa e Contemplado com o Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2015.

- “Protocolo Elefante” | Grupo Cena 11: “Protocolo Elefante” investiga na ação de afastamento e isolamento do elefante na iminência de sua morte uma metáfora de separação e exílio. Um questionamento sobre o modo como fatores contidos no ambiente ao qual pertencemos (pessoas, comportamentos, línguas, afetos, objetos e dispositivos relacionais de convívio) são afetados quando migramos a sós para um contexto diverso e distante destas familiaridades e simetrias do pertencer. O acionamento do sentimento de falta, produzido por este encontro assimétrico de identidades, é um importante objeto condutor para algumas perguntas chave que conduziram a pesquisa: O que é pertencer ou necessidade de pertencimento? Qual é a nossa definição de identidade? Protocolo Elefante é um ritual de descontinuidade e vestígio, é entender identidade como entropia. É propor um Grupo compartilhando a solidão que nos define. Este projeto foi contemplado pelo Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2014 Projeto realizado com o apoio do Estado de Santa Catarina, Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Fundação Catarinense de Cultura, FUNCULTURAL e Edital Elisabete Anderele/2014

- “BLUE – bonjour tristesse” | Renato Vieira Cia de Dança: no novo espetáculo, intitulado “BLUE - bonjour tristesse”, vai mostrar a Renato Vieira Cia de Dança em outra formação e apostando em novos procedimentos. Além de dividir a coreografia com Bruno Cezario, como o blues dá espaço para o improviso, os bailarinos terão espaço para trabalhar com a improvisação ficando mais comprometidos com o processo de criação. Em cena, 8 homens, 12 compassos, como na melodia base do blues, desenvolvendo solos, duos, trios totalmente livre do acompanhamento. Puro improviso deixando se levar pela eletricidade da música/luz/espaço.

- “Cinco passos pra não cair no abismo” | Companhia Urbana de Dança - Esse trabalho fala das histórias que são possíveis mudar e tantas outras, quase todas, que ainda continuam sendo as mesmas. Pensando no texto do Caio Fernando Abreu “Vórtice, voragem, vertigem“, a coreógrafa Sonia Destri Lie e os dançarinos da Companhia Urbana de Dança desenvolveram a nova criação que, de acordo com Sonia, deveria ter se chamado “voragem“ - aquilo que sorve ou devora, pois é assim que a companhia se sente, tanto no abismo dos perigos de ser periférico, quanto os de estrelas falsas e de beijos e desejos. Aqui não há sinais de que o grupo vá desistir de sua história de 12 anos mesmo diante das dificuldades: a ideia é dançar para não cair em nenhum desses abismos. Uma das mais atuantes na cidade do Rio de Janeiro, a Companhia Urbana de Dança reúne oito dançarinos negros, que buscam na linguagem urbana e nas técnicas contemporâneas o caminho para suas criações. A Companhia começou sua carreira no Espaço SESC e em Festivais como Biennale de Lyon e o Festival de Biarritz. A Companhia pode ser vista todos os domingos na Abertura do Fantástico.

SERVIÇO
Sesc Entre Dança
Formação e Apresentação em Dança Contemporânea

>> Espetáculos de quinta a sábado às 19h e domingos às 18h
Sesc Ginástico: Avenida Graça Aranha, 187, Centro. Tel.: 2279-4027
Ingressos: R$ 6 (associados Sesc RJ), R$ 12 (meia-entrada) e R$ 25.
- 4 a 7 de maio: “die einen, die anderen (alguns outros)” | Grupo Gira Dança e Cie. Toula Limnaios
Classificação 16 anos
- 11 a 14 de maio: “Protocolo Elefante” | Grupo Cena 11
Classificação 16 anos
- 18 a 21 de maio: “BLUE – bonjour tristesse” | Renato Vieira Cia de Dança
Classificação 16 anos
- 25 a 28 de maio: “Cinco passos pra não cair no abismo” | Companhia Urbana de Dança
Classificação 16 anos

>> Oficinas de 1° de maio a 29 de junho de 2017
Classificação 18 anos
Grátis
Sesc Copacabana: Rua Domingos Ferreira, 187. Tel.: 2548-1088
- De 1º a 3 de maio; das 8h às 12h - Oficina Gira Dança | Laboratório de criação em dança
- De 8 a 12 de maio; das 8h às 12h - Oficina Cena 11 | oficina Percepção Física e Composição Generativa
Sesc Niterói: Rua Padre Anchieta, 56, São Domingos. Tel.: 2719-9119
- De 23 a 25 de maio e 30 de maio a 1 de junho - Oficina Renato Vieira Cia de Dança | Workshop
- De 20 a 29 de junho - Oficina Cia Urbana de Dança | COLETIVO URBANO: o corpo e a liberdade HIP HOP / danças urbanas