Superliga: Sesc RJ Flamengo

Superliga: Sesc RJ Flamengo enfrenta o Itambé Minas

Clássico da Superliga Feminina de Vôlei, confronto entre dois dos mais tradicionais times do país acontece nesta sexta, em Belo Horizonte. 

Sesc RJ Flamengo e Itambé Minas farão nesta sexta-feira (11.12) um dos maiores clássicos do vôlei brasileiro. As equipes, que já estiveram frente a frente neste início de temporada, pela semifinal do Super Vôlei, quando o time de Bernardinho saiu com a vitória no tie break, voltarão a duelar, desta vez pela Superliga Banco do Brasil. O confronto acontecerá na Arena Minas, às 21h30, com transmissão do canal SporTV, e pode reafirmar o recomeço do trabalho no projeto carioca, assolado por um surto de COVID-19 e por lesões no último mês.

Prestes a completar 40 anos, Juciely, a jogadora mais experiente do Sesc RJ Flamengo, sabe que a conquista do final de outubro, diante do rival, não valerá de nada nesta sexta. Ainda mais em um momento em que Bernardinho está novamente tentando deixar o elenco preparado para conseguir dar seu melhor em quadra.

A gente está se reconstruindo, é um processo. Estamos começando a ganhar ritmo de jogo novamente. Tivemos dificuldade até para treinar, ficando só com uma meia dúzia de jogadoras disponíveis. Já conseguimos jogar melhor na última rodada, contra o São Paulo Barueri. E sabemos que vamos ter pela frente um time muito perigoso, muito veloz. Daquela vitória no Super Vôlei temos que trazer a superação para seguir firme nesse recomeço”, analisou Juciely.

Mais que o exemplo de postura, citado pela central, o Sesc RJ Flamengo trará para o confronto desta sexta outros aprendizados. Naquele 30 de outubro, o time carioca abriu dois sets a zero e teve que suar muito para vencer no tie break. E só conseguiu porque voltou a ter eficiência em um fundamento específico: o saque.

O Minas é uma grande equipe, que conta com uma levantadora que imprime muita velocidade no jogo. É o tempo todo. Ela tem suas principais armas com as centrais, mas também é muito veloz com as extremidades. Não tem como pensar em outra coisa que não seja sacar bem para tirar a bola da mão da Macris e diminuir a velocidade delas”.

Além da aplicação tática, Juciely promete muita entrega para tentar outro grande resultado diante do Itambé Minas. É o que ela e suas companheiras tem feito nos últimos dias: trabalhado muito para recuperar o tempo perdido.

Temos trabalhado muito pensando em conseguir chegar em nosso ideal. Queremos conseguir deixar o nosso melhor em quadra, saber que conseguimos dar nosso máximo nos jogos. Para isso, o retorno das nossas jogadoras é fundamental. Cada peça que a gente foi perdendo, foi ficando mais difícil. E perdemos muitas peças. Querendo ou não, o isolamento afeta a parte física. Mas agora estamos treinando muito para criar entrosamento novamente e, consequentemente, baixar nossa quantidade de erros”, finalizou Juciely.

Com 12 pontos e três jogos adiados a serem feitos, o Sesc RJ Flamengo ocupa a quinta posição na tabela de classificação da Superliga. O Itambé Minas é o terceiro colocado, com 18 pontos.

Clique aqui e fique por dentro das notícias do time Sesc RJ Flamengo de vôlei feminino!
Confira as notícias de Esporte do Sesc RJ clicando aqui!

Notícias relacionadas

Ver todas as notícias
Se não agora quando

“Se não agora, quando?” aborda a solidão e a depressão no isolamento social 

Veja mais
reabertura unidades

Nos adaptamos para continuar cuidando de você

Veja mais
Sesc RJ Flamengo

Sesc RJ Flamengo recebe o Pinheiros pela Superliga feminina de vôlei

Veja mais
Mesa Brasil Sesc RJ - Temporal em Três rios

Sistema Fecomércio RJ entrega 5,5 toneladas de mantimentos para vítimas do temporal em Três Rios

Veja mais