Literatura e diversidade

Diálogos Di Versos: Literatura e diversidade | Você conhece Amara Moira?

Agindo como um esquenta para as programações que estão no Diálogos Di Versos, traremos algumas dicas de conteúdos relacionados aos grandes escritores, educadores, poetas e artistas convidados.

É uma oportunidade para quem não os conhece ainda, conhecerem e, para quem conhece, admirar mais ainda seus trabalhos.

No dia 21 de maio de 2021, Dia Mundial da Diversidade Cultural para o Diálogo e o Desenvolvimento, foi ao ar às 19h a conversa que tivemos com Amara Moira, Aza Njeri e Daniel Munduruku, mediada por Nara Campos. Então, vem com a gente!

 

Amara Moira

É travesti putafeminista, escritora, professora no Descomplica, colunista no BuzzFeed Brasil, Doutora em Crítica Literária pela Unicamp – título defendido em 2018, se tornando a primeira mulher trans a obter o referido título usando seu nome social.

Publicou seu primeiro livro em 2016, “E se eu fosse puta”, tendo uma nova edição em 2018, passando a ter como nome oficial “E seu eu fosse pura”, pois observou que com o título original não estava conseguindo fazer com que seu livro chegasse em livrarias, bibliotecas, espaços onde ainda é possível observar resistência em englobar a real diversidade das sociedades.

Fazem parte de sua bibliografia também os livros “Vidas Trans: a Coragem de Existir” (de 2017 pela editora Astral Cultural), “Resistência dos Vaga-lumes” (2019, Editora Nós) e seu conto faz parte da coletânea “Partes de Casa”, lançada neste ano pela TAG Livros.

Além dos livros e de seus perfis nas redes sociais FacebookInstagram, é possível ter contato também com suas palavras através do site BuzzFeed, onde é colunista.

Outro espaço é na Mídia Ninja, onde, além de suas publicações, há um vídeo onde ela fala um pouco sobre si que vale a pena assistir.

Amara junto com outres colegues alimentam uma pasta no Google Drive, de acesso GRATUITO, com inúmeras publicações feitas por pessoas trans.  

Separamos também algumas de suas publicações que se encontram disponíveis na plataforma online do Suplemento Pernambuco, como:

“Os lusíadas” e outras interpretações do “amor” em literatura

Transgressões da primeira autora trans

E não esqueçam de ficarem ligados em suas redes sociais e acompanharem suas agendas!

Fique por dentro das iniciativas do Sesc RJ clicando aqui e acompanhando nossas redes (YouTubeInstagram e Facebook). #SescRJCultura

Outras Notícias

Ver todas as notícias
Fórum Internacional Mesa Brasil

Fórum internacional discutirá a fome e o desperdício de alimentos

Veja mais
Guia sobre arduíno - Arte, Ciência e Tecnologia

ACT: Placa arduíno e suas funcionalidades

Veja mais

Sesc RJ leva atendimento odontológico móvel e gratuito a Queimados

Veja mais
Som do Sesc: Nando Reis e filho Sebastião apresentam live com abertura de Chico Chico

Maria Gadú é a atração do Som do Sesc deste sábado (25/9)

Veja mais