Campanha Olhe Para o Lado. ONGs - importantes aliadas no combate às desigualdades

ONGs: Importantes aliadas no combate às desigualdades

Com o agravamento da pobreza, decorrente da pandemia causada pelo coronavírus, as Organizações Não Governamentais cumprem um importante papel na busca e implementação de soluções para os problemas sociais. 

Em função da crise econômica causada pela covid-19, a pobreza na América Latina aumentou em 2020 e atingiu os níveis mais altos dos últimos 12 anos. Segundo o relatório da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal), órgão subordinado à ONU, a pobreza nessa região alcançou 33,7% da população total.  De acordo com esse relatório, que trata do impacto social da pandemia, o número de pessoas pobres aumentou para 209 milhões no final de 2020, isso significa 22 milhões de pessoas a mais do que no ano anterior.

A pandemia do covid-19 agravou ainda mais as históricas desigualdades estruturais da América Latina. O relatório aponta ainda que a pobreza extrema, que é a forma mais intensa de escassez, onde nem as necessidades básicas são cobertas, chegou ao nível mais alto desde 2000.

No Brasil, a recessão econômica trazida pela crise sanitária significou a perda de boa parte das fontes de renda para dezenas de milhões de brasileiros e acentuou as desigualdades sociais. O desemprego teve marcas mais profundas principalmente para a população negra e periférica que, historicamente, sempre teve menos acesso aos direitos básicos como postos de saúde, saneamento, moradias dignas e oportunidades de emprego. Estima-se em 61,1 milhões o número de pessoas em situação de pobreza no Brasil em 2021, já considerando o novo auxílio emergencial, medida de proteção social de emergência adotada por vários países.

Atualmente, algumas dúvidas e debates sobre a importância e necessidade da atuação de ONGs (Organizações Não Governamentais), ações, projetos e suportes sociais têm sido levantadas com frequência. Diante desse cenário, é preciso compreender a pertinência e relevância desses papéis para que possamos validar e engajar suas causas.

As ações do poder público nem sempre dão conta de todas as situações e, por isso, o engajamento da sociedade civil é de grande valia. As ONGs são entidades privadas da sociedade civil, sem fins lucrativos, que buscam soluções de problemas complexos e têm uma aproximação maior das problemáticas sociais. Suas iniciativas dão um caráter mais personalizado e mais humanizado na identificação e tratamento desses problemas de acordo com a classe ou região.

Essas organizações atuam com o objetivo de promover cidadania, acesso a direitos, democracia política e social. Lidam também com pautas diversas e amplas, que vão desde tensões, desigualdades e vulnerabilidades sociais, problemas decorrentes da superpopulação das grandes metrópoles, até as questões socioambientais.

Como muitas vezes não possuem fonte de renda fixa, as Organizações Não Governamentais precisam buscar formas alternativas para continuar em atividade. Para isso, contam com o apoio financeiro de outras entidades privadas (do terceiro setor ou do empresariado), de pessoas físicas (cidadãos conscientes e engajados) e até mesmo do governo.

As ONGs entram como parceiras do setor governamental para potencializar o enfrentamento a amplos e diversos problemas sociais. Elas atuam na realização de projetos educativos, culturais e ambientais, entre outros, que tragam benefícios para a sociedade. É comum os setores governamental e privado entrarem com os investimentos e as ONGs com as ações, trabalhando para aumentar a eficiência das políticas públicas, inovar nas soluções, criar redes de conhecimento e ação e otimizar os resultados.

Com flexibilidade e dinamismo, é mais fácil trocar informações e buscar parceiras entre aqueles que visam os mesmos propósitos. Conheça as ONGs da sua cidade, seja voluntário e engaje-se! Fortaleça suas causas e ajude quem precisa.

Saiba mais: 

 

>> Saiba mais sobre o trabalho de Assistência do Sesc RJ

>> Acompanhe nossas redes (Instagram e Facebook). #SescRJAssistência

Outras Notícias

Ver todas as notícias
Fórum Internacional Mesa Brasil

Fórum internacional discutirá a fome e o desperdício de alimentos

Veja mais
Guia sobre arduíno - Arte, Ciência e Tecnologia

ACT: Placa arduíno e suas funcionalidades

Veja mais

Sesc RJ leva atendimento odontológico móvel e gratuito a Queimados

Veja mais
Som do Sesc: Nando Reis e filho Sebastião apresentam live com abertura de Chico Chico

Maria Gadú é a atração do Som do Sesc deste sábado (25/9)

Veja mais