Relação entre pais e filhos no cinema

A relação entre pais e filhos no cinema

No dia 9/8 vamos comemorar o Dia dos Pais no Brasil. Nossa equipe de Audiovisual separou dicas de filmes que se debruçam sobre a relação entre pais e filhos no cinema, seja em registros de celebração e carinho, ou mesmo numa lógica de conflitos e reflexões.

Grandes filmes muito conhecidos do público tem a paternidade como centro de suas tramas. Desde O Rei leão e Procurando Nemo, para citar duas animações infanto-juvenis muito assistidas, até filmes adultos que emocionaram o mundo como À Procura da Felicidade, estrelado por Will Smith, e A Vida é Bela, que conta a história de um pai que protege seu filho em pleno campo de concentração nazista e que venceu três categorias no Oscar de 1999. Os filmes brasileiros também não ficam muito atrás: 2 Filhos de Francisco e Gonzaga: de Pai pra Filho são dois ótimos exemplos, trazendo a questão da paternidade já no próprio título.

Além dos já citados, abaixo listamos quatro filmes, todos disponíveis em plataformas de streaming, que também merecem ser lembrados nesta data e que dialogam, direta ou indiretamente, com a paternidade. Aproveitem as dicas para assistir com segurança no conforto de casa, com ou sem a companhia dos filhotes, e tenham uma ótima sessão.

Peixe Grande e suas Histórias Maravilhosas (Big Fish, 2003)

Tim Burton se consagrou com as suas histórias fantásticas direcionadas ao grande público. Antes de lançar este que é o seu décimo longa-metragem, o diretor já havia se conectado com o mundo por meio de obras como Os fantasmas se divertem, Edward mãos de tesoura, um par de adaptações dos gibis do Batman e um remake do clássico sessentista O planeta dos macacos. Peixe grande conta a história de um repórter que investiga a vida de seu pai à procura da verdade por detrás de suas histórias mirabolantes. O filme transborda uma conexão conflituosa e ao mesmo tempo mágica entre pai e filho. Disponível no Netflix.

Minhas mães e meu pai (The kids are all right, 2010)

Julianne Moore e Annette Bening interpretam um casal que vive com seus dois filhos adolescentes, ambos frutos de inseminação artificial. A filha resolve então embarcar numa aventura para encontrar o pai biológico sem que as mães saibam. A diretora Lisa Cholodenko lança um olhar afetuoso e muito bem humorado sobre uma família que ganha um novo membro de forma inesperada. A presença do pai (vivido por Mark Ruffalo) naquele cotidiano reconfigura completamente as relações, e os personagens precisam lidar justamente com esse sentimento de inadequação. O filme propõe, portanto, uma reflexão sobre a necessidade de todo ser humano em se adaptar e de, eventualmente, enxergar a vida por uma nova perspectiva. Disponível no Prime Video.

Em nome do pai (In the name of the father, 1993)

Protagonizado por Daniel Day-Lewis, este filme se baseou na autobiografia de Gerry Conlon intitulada Proved Innocent. Conlon é um jovem rebelde irlandês que em 1974 é acusado, junto a três amigos, por um atentado que mata cinco pessoas num pub de Guilford, próximo à Londres. Preso, ele recebe a ajuda de seu pai, que também acaba sendo condenado. Gerry, então, passa a contar com uma eficiente advogada para provar a inocência de seu pai e revelar a verdade por trás de um dos mais vergonhosos erros judiciários da história. “Em nome do pai” é dirigido por Jim Sheridan e recebeu sete indicações ao Oscar. Disponível para alugar no Google Play ou no iTunes.

Hair love (2019)

Esta animação em curta-metragem de quase sete minutos de duração aborda uma relação muito próxima entre um pai e sua filha. Na ausência da mãe, a protagonista precisa da ajuda do pai para pentear o seu cabelo. Os diretores Matthew A. Cherry, Everett Downing Jr. e Bruce W. Smith constroem um filme bonito e divertido sobre a forma como pais e filhos são capazes de se conectar emocionalmente. Disponível no YouTube.

Para mais dicas de Cinema da nossa equipe de Cultura do Sesc RJ, clique aqui!

Notícias relacionadas

Ver todas as notícias
Caminhada de Copacabana será virtual com programação ao longo de outubro

Caminhada de Copacabana será virtual com programação ao longo de outubro

Veja mais
Histórias que conectam: Conheça histórias das nossas alunas de esporte e lazer

Histórias que conectam: Conheça histórias das nossas alunas de esporte e lazer

Veja mais
Dicas de filmes Em Casa com o Sesc - cinema

A terceira idade representada no cinema

Veja mais