Prouni Sisu Fies Enem

Prouni, o Sisu e o Fies e o Enem: Passei para a Universidade e agora?

Passei para uma universidade com a minha nota do Enem. Mas… E agora? Quais são as minhas opções para ingressar no ensino superior? Prouni, o Sisu e o Fies?

Preparamos uma sequência de perguntas e respostas que irão ajudar você nessa tarefa.

Sisu, Fies, Prouni… Você certamente já ouviu esses nomes, não é mesmo? Conheça, agora, um pouco mais das muitas opções relacionadas ao ingresso em uma universidade.

Qual é a relação entre o Prouni, o Sisu e o Fies e o Enem?
Todos são programas do Governo Federal, de alcance nacional, criados para estimular e facilitar o acesso ao ensino superior. Esses programas utilizam a nota do Enem para a classificação dos candidatos, exigindo um desempenho mínimo no Exame para as inscrições. Por falar em inscrições, elas costumam ocorrer, pela internet, duas vezes por ano.

Quero pleitear uma bolsa de estudo em uma Faculdade pública como faço?
Você deverá se inscrever no Sisu – Sistema de Seleção Unificada, usado para organizar e preencher as vagas nas universidades públicas que utilizam a nota do Enem. Esse processo seletivo permite que os estudantes tentem uma vaga em qualquer universidade participante do sistema.

Quem poderá participar do Sisu?
A resposta é simples: quem fez a última edição do Enem e não obteve nota zero na redação. Também é preciso ter concluído o ensino médio.  Só isso?! Calma… Precisamos lembrar que cada curso exige uma nota mínima, o que servirá como um guia para você comparar com a sua nota.

Quantos cursos poderei escolher no Sisu?
No sistema, você poderá escolher duas opções de curso entre as vagas e modalidades disponíveis, e aí o sistema preenche automaticamente as vagas, em ordem decrescente.

Quando poderei me inscrever no Sisu?
Sem cronograma definido, as inscrições para o Sisu 2021 deverão ser realizadas em abril. A inscrição será feita no Site do Sisu por meio do número de inscrição e senha do Enem 2020.

E se desejar pleitear uma bolsa de estudo em uma Faculdade particular como faço?
Se você fez a última edição do Enem e não zerou a redação e conseguiu pelo menos 450 pontos na média das provas objetivas poderá participar do Prouni, Universidades para todos, e concorrer a bolsas de estudos parciais (50%) e integrais (100%) e em faculdades privadas.

Fiz o Enem 2021 quando poderei fazer a inscrição do Prouni?
As notas do Enem 2020 só saem em março, então, as inscrições para o Prouni 2021 será em abril.

Qualquer pessoa poderá participar do Prouni?
Como esse é um programa que fornece bolsas de estudo, há um critério de renda para organizar o processo: a renda familiar bruta mensal deve ser de, no máximo, três salários mínimos por pessoa.

Faz diferença ter estudado em escola pública ou privada?
Faz sim! Isso porque você precisa ter feito o ensino médio em escola pública ou estudado como bolsista integral em escola privada. O funcionamento do processo é semelhante ao do SISU, com escolha entre duas opções e ordenamento decrescente a partir das notas dos candidatos concorrentes às vagas.

E o Financiamento Estudantil como funciona?
O Fies é o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e tem como objetivo conceder financiamento aos estudantes de baixa renda, para o pagamento de mensalidades em instituições privadas. Não há um percentual de financiamento fixo, pois isso é determinado por uma avaliação que leva em conta a sua renda e também o quanto essa renda ficaria comprometida com o pagamento das mensalidades. Interessante, não é?

Por falar em renda, é importante lembrar que é preciso ter uma renda familiar bruta mensal de no máximo 2,5 salários mínimos por pessoa.

Qualquer pessoa poderá participar do Fies?
Para participar do Fies, você pode ter feito o Enem a partir de 2010, com pelo menos 450 pontos na média das provas objetivas. E a redação? Isso mesmo, nota maior do que zero. O processo de funcionamento é um pouco mais complexo, mas basicamente o candidato se inscreve para a vaga desejada e, se for pré-selecionado, é direcionado para o cadastro em um segundo sistema, que dará início ao processo de financiamento.

Como funciona o financiamento?
Durante o curso até 18 meses depois de formado, o estudante só paga o valor referente aos juros do financiamento, em boletos trimestrais. Um ano e meio depois da formatura, começa a quitar a dívida, em parcelas mensais, com prazo de vários anos.

A ordem de abertura desses programas é aleatória?
Nada disso! O primeiro programa a ser aberto todo ano pelo governo é o Sisu, seguido do Prouni e, depois, do Fies. Essa ordem busca estimular você a tentar uma vaga na universidade pública e, depois, se cumprir os requisitos, tentar uma bolsa (Prouni) ou, então, um financiamento (Fies). Observe a sua renda e a realidade financeira da sua família, bem como a presença do curso dos seus sonhos nas universidades públicas e privadas. O importante é não desistir de ingressar no ensino superior e de buscar o exercício da cidadania por meio do conhecimento!

Por Andrea Machado – Coordenadora pedagógica da Unidade Sesc Nova Friburgo

Fontes para pesquisa:
Guia da Carreira
MEC

Acompanhe nossas notícias e fique por dentro das iniciativas e novidades do Sesc RJ clicando aqui!
Acompanhe nossas redes sociais para saber as novidades da nossa equipe de Educação no Instagram, Facebook e Youtube do Sesc RJ. #SescRJEducação

Notícias relacionadas

Ver todas as notícias
Hotel Sesc Nogueira

Hotéis Sesc RJ de portas abertas

Veja mais
fórum inclusivo

Fórum Inclusivo on-line abordará a educação inclusiva em tempos de pandemia

Veja mais
dia da biblioteca Publicações Sesc+ Infância Livro

Dia da Biblioteca – Rede Sesc RJ de Bibliotecas

Veja mais