Sesc RJ Flamengo fecha 2020 com vitória na Superliga feminina de vôlei

Sesc RJ Flamengo fecha 2020 com vitória na Superliga feminina de vôlei  

Equipe de Bernardinho venceu o São José dos Pinhais, fora de casa, por 3 sets a 0 e mantém meta de crescimento na caça aos líderes da competição 

O Sesc RJ Flamengo conseguiu sua sétima vitória na Superliga Banco do Brasil feminina de vôlei nesta terça-feira (29.12). Diante do São José dos Pinhais, no Paraná, o time comandado pelo técnico Bernardinho não sentiu o fator casa e não deu chances ao adversário em seu último confronto de 2020: 3 sets a 0 (25-20, 26-24 e 25-9). Com o resultado, a equipe carioca chegou aos 20 pontos, ainda na quinta posição, e segue na cola dos líderes na tabela de classificação, já que ainda possui dois jogos a menos, adiados em função do surto de COVID que assolou a competição.

Eleita a melhor em quadra, a levantadora Fabíola destacou o quanto é diferente e difícil para as atletas se acostumarem a entrar em quadra nos últimos dias do ano. Geralmente todas aproveitam umas das poucas folgas que possuem ao longo de toda a temporada, mas os seguidos adiamentos de jogos acabaram não permitindo isso ao Sesc RJ Flamengo e ao São José dos Pinhais.

“Essa folga de final de ano é sempre muito esperada. Tivemos apenas três dias no Natal e voltamos a treinar, tivemos que viajar e jogamos hoje. Foi difícil para nós, para o time de São José dos Pinhais, sem dúvida, pois é um período em que podemos nos dedicar aos nossos familiares, mas entendemos. E em meio a tudo isso, conseguimos nos superar e vencer uma partida importante. Essa Superliga tem sido desafiadora em todos os sentidos. Tem sido uma construção para o nosso time e esse troféu é de todas, do nosso trabalho e da nossa superação”, disse Fabíola.

Nos dois primeiros sets, o Sesc RJ Flamengo teve muita dificuldade para fazer prevalecer seu jogo. Principalmente na primeira parcial, contou muito com a inteligência e experiência da levantadora Fabíola, que utilizou suas centrais como as principais armas ofensivas: Juciely e Valquíria marcaram seis pontos cada. Na parcial seguinte, também muito complicada, as duas voltaram a ser peças importantes e garantiram à equipe a tranquilidade necessária para sobrar no último e decisivo set.

“Foi um jogo perigoso. Erramos mais do que deveríamos no começo. Elas nos colocaram em dificuldade, sacaram bem, mas o importante foi ter vencido, ter levado mais três pontos e ter conseguido dar mais ritmo para todas nós. Estamos de parabéns e mantendo uma crescente na competição. Conseguimos ter o grupo completo, agora sem a Gabiru, que daqui a pouco estará de volta, e estamos começando a trilhar um caminho mais sólido. Agora é dar uma pequena descansada e entrar com o pé direito em 2021”, finalizou Valquíria, que marcou 10 pontos no confronto.

O próximo compromisso do Sesc RJ Flamengo será já no início do ano, diante do Sesi Bauru, em casa, no dia 4 de janeiro. Em seguida, encara o Fluminense, no clássico carioca, no dia 8 de janeiro. Estas são as partidas adiadas que o time ainda precisa fazer para terminar o primeiro turno da competição.

Clique aqui e fique por dentro das notícias do time Sesc RJ Flamengo de vôlei feminino!
Confira as notícias de Esporte do Sesc RJ clicando aqui!

Notícias relacionadas

Ver todas as notícias
Se não agora quando

“Se não agora, quando?” aborda a solidão e a depressão no isolamento social 

Veja mais
reabertura unidades

Nos adaptamos para continuar cuidando de você

Veja mais
Sesc RJ Flamengo

Sesc RJ Flamengo recebe o Pinheiros pela Superliga feminina de vôlei

Veja mais
Mesa Brasil Sesc RJ - Temporal em Três rios

Sistema Fecomércio RJ entrega 5,5 toneladas de mantimentos para vítimas do temporal em Três Rios

Veja mais