#ConectadosPeloSocial | Equipe reinventa sua atuação em Saúde para fazer a diferença nesse momento

Se o apelo à criatividade já era uma demanda que a equipe de Saúde seguia anteriormente, no cenário atual ela se tornou mais que necessária. Segundo o gestor da área, Flavio Wittlin, “na quarentena, a GSA foi à frente de três modos distintos: lançando peças comunicacionais genuínas, assumindo operação vacinal para influenza e realizando teleconsulta médica de colegas com clínica suspeita ou confirmada de Covid-19”, sendo estes dois últimos modos adotados excepcionalmente por estarmos em estado de emergência pública nacional.

Flavio explica que a equipe partiu para a produção maciça de conteúdo, “vídeos, SS3T, áudios, posts e jogos educativos para lançamento nos canais do Sesc na web, com a mediação competente e engajada da Gerência de Comunicação e Marketing. Neste mesmo passo, lançamos pioneiramente a realização de lives no Sesc RJ, com o ‘Dr. Saúde’ entrevistando especialistas na pandemia do novo coronavírus, sua condução e seus efeitos biopsicossociais e culturais em nossas vidas. Com estas iniciativas, nossa finalidade foi oferecer à sociedade o ativo que temos com maior potencial no momento: educação em saúde em Covid-19”.

Alguns desses conteúdos citados estão fazendo sucesso em nossos canais oficiais. Uma profissional que se destacou pela desenvoltura e criatividade na produção de informação foi a a dentista da UO de Nova Iguaçu, Rosana Leite, que além de dentista é também jornalista formada na UFRJ. Segundo Rosana, “as ideias surgem de situações que a própria equipe identifica no cotidiano. Identificamos uma dificuldade, discutimos em grupo, já que temos reuniões semanais por aplicativos e estamos conectados a todo o momento por mensagem instantânea. Nossa responsável técnica, Katia Malatesta, sugere nossa ideia para a gestora da Odontologia, Claudia Coscarelli, que estuda a viabilidade do vídeo. Pronto: assim nasce mais um vídeo da Odontologia”.

E nessa dinâmica a equipe já abordou temas como: cuidados que os diabéticos precisam ter com a higiene oral nos tempos de Covid; dicas para acabar com o mal hálito; erros comuns em quem usa prótese dentária; como confeccionar as máscaras caseiras e como utilizar corretamente as máscaras caseiras; entre outros. Segundo Rosana, o trabalho em equipe é fundamental “trabalhamos sempre em parceria e resultado: foi um dos vídeos de saúde mais visualizados, sucesso absoluto”, comemora!

Sobre a atividade bem diferente da rotina como dentista, a profissional revela que tem sido “uma experiência incrível. Nunca imaginamos que poderíamos passar tanto conteúdo através dessas plataformas. Como o trabalho do Dentista está muito ligado ao consultório e às ações externas, acabamos utilizando pouco os meios digitais, nosso trabalho é sempre muito presencial. Descobrimos que na equipe há múltiplos talentos escondidos sobre gorros e óculos de proteção. Vergonha de gravar o vídeo todo mundo tem, mas a gente enfrenta, vai lá e faz! O isolamento tem que servir pra que rompamos nossas próprias barreiras. É fazer do limão a tal limonada”.

Além desse intenso trabalho de produção de conteúdo relacionado à saúde, a gerência assumiu − como ação estendida de saúde pública − a missão de vacinar contra a influenza os funcionários do Sistema Fecomércio, tendo por determinante a emergência da Covid-19. “Em outras palavras, assumindo a vacinação do pessoal em nossas UOs, buscamos uma dupla finalidade: poupar trabalho às equipes já bastante atarefadas do SUS e diminuir a exposição de uns e outros à contaminação pelo SARS-Cov-2”, destaca Flavio, reforçando ainda que vacinas e seringas são transferidas oficialmente ao Sesc pelas SMS das cidades onde os imunizantes estão sendo aplicados.

Um outro movimento, a teleconsulta médica – um expediente regulamentado pelo CFM na vigência da pandemia – veio para dar suporte a nossa equipe em caso de suspeita ou confirmação por Covid-19. Wittlin explica que a ideia surgiu para responder a uma situação complexa: “o sistema de saúde público e privado está à beira da saturação no Estado do Rio de Janeiro; testes para a Covid-19 servem mais à análise da expansão da pandemia do que orientam o diagnóstico e a condução terapêutica individuais das pessoas afetadas pelo vírus; e sobre o que fazer em casa quando alguém positiva para coronavírus (isolamento, higienização, uso de máscaras, medicação sintomática)”.

Segundo Flavio, por definição, a pandemia é um fenômeno que opera primariamente na dimensão da saúde, “por este motivo, o Programa Saúde viu-se no dever de assumir o protagonismo das iniciativas, sempre procurando articular-se organicamente aos demais Programas do Sesc”.

Sobre a capacidade de produção da equipe, o gestor Flavio Wittlin lança um desafio: “acredito que ainda não chegamos no ponto máximo ao qual podemos chegar. A inventividade pode ser sempre maior. Mas, com certeza, estamos no caminho certo”.

Notícias relacionadas

Ver todas as notícias
arte-ciencia-tecnologia-educacao-sescrj

Cinco dicas de Arte, Ciência e Tecnologia para explorar o mundo

Veja mais
Mesa Sem Fome - doações

Farmácias e supermercados do Grande Rio recebem doações para campanha do Sesc RJ

Veja mais

Equipe Sesc dá dicas de como lidar com o lixo que produzimos!

Veja mais
Flup 2019 - livro

Sesc e Flup lançam livro de contos inspirado em músicas de Marcelo Yuka

Veja mais