Sesc RJ vence o Curitiba Vôlei e segue firme na liderança da Superliga feminina de vôlei

O Sesc RJ fez sua estreia em 2020 nesta sexta-feira (17.01), diante do Curitiba Vôlei. E a equipe comandada pelo técnico Bernardinho manteve o bom desempenho que vinha demonstrando antes da parada da Superliga feminina de vôlei para as festas de final de ano. Com muita tranquilidade e competência, dominou o time visitante, fez 3 sets a 0 (25-16, 25-17 e 25-20) e saiu do Tijuca Tênis Clube com sua 11ª vitória, chegando aos 33 pontos, na liderança da competição.

Eleita a melhor em quadra, a líbero Natinha comentou a queda de produção do time na terceira parcial, mas afastou qualquer relaxamento relacionado ao período em que ela e suas companheiras ficaram sem entrar em quadra.

“Demos uma bobeira no final, errando bastante no terceiro set. E elas sacaram bem. Só conseguimos fechar o jogo ali porque conseguimos parar de errar no final da parcial. Acho que a parada de final de ano não nos atrapalhou em nada. Voltamos melhores ainda, trabalhando bastante e em uma crescente constante”, analisou Natinha.

Maior pontuadora do confronto, com 15 acertos, a oposta do Sesc RJ Tandara lembrou que a consistência da equipe carioca continuou sendo uma marca forte. A expectativa agora é seguir com esse desempenho em outra competição, a Copa Brasil.

“O Bernardo, desde o início da temporada, vem conversando e pedindo muito para a gente manter sempre o foco e buscar uma regularidade. Tivemos 15 dias de muito trabalho para voltar bem e, apesar de ter oscilado no terceiro set, acho que conseguimos apresentar um bom voleibol. Espero que na terça, diante do Pinheiros, já pela Copa Brasil, sigamos com essa regularidade e consigamos avançar na competição”, finalizou Tandara.

O Sesc RJ receberá o Pinheiros pela primeira fase da Copa Brasil na próxima terça-feira (21.01), no ginásio do Tijuca Tênis Clube, às 19h30. Eliminatório, o confronto vale uma vaga na fase final da competição, que será disputada nos dias 31.01 e 01.02, em Jaraguá do Sul (SC).

Fotos: Marcio Mercante

Mesa Brasil Sesc RJ

Os jogos das equipes feminina e masculina de vôlei do Sesc RJ disputados no Rio de Janeiro têm como entrada 2kg de alimentos não perecíveis, destinados ao ‘Mesa Brasil Sesc RJ’, programa social do Sesc RJ que visa a minimizar os efeitos da fome e do desperdício. Criado em 2000, o Mesa Brasil Sesc, no estado do Rio de Janeiro, recolhe doações de produtos alimentícios em condições de consumo, ainda que eventualmente com baixo valor comercial, e os distribui a instituições de assistência social previamente cadastradas, como asilos, creches, orfanatos, entre outras instituições. O programa atende no estado do Rio de Janeiro a mais de 850 instituições sociais, tendo uma abrangência superior a 90% dos municípios fluminenses. Além das doações, as entidades também recebem mensalmente ações educativas com o objetivo de ensinar o aproveitamento integral de alimentos, com a utilização de cascas, sementes e talos, na elaboração de receitas nutritivas e saborosas.

Os alimentos podem ser trocados por ingressos com antecedência nas unidades do Sesc RJ e em dias de jogos nas bilheterias do Ginásio Álvaro Vieira Lima (Tijuca Tênis Clube), sempre duas horas antes do início das partidas.

Notícias relacionadas

Ver todas as notícias
playlist-infantil-vitrolinha-spotify

Música fora da caixinha para o público infantil

Veja mais
doação-mesa-brasil-sorvete

Mesa Brasil Sesc RJ distribui 7 toneladas de sorvete a comunidades do Grande Rio

Veja mais
parceria com o Instituto Municipal Nise da Silveira

Sesc RJ e Instituto Municipal Nise da Silveira reforçam a missão do respeito à diversidade e do direito à Cultura

Veja mais

Niterói e São Gonçalo têm 21 pontos de arrecadação para a campanha #MesaSemFome

Veja mais