DERIVA

A Circulação parte da ideia de conectar e ocupar as cidades por meio da dança, assim como interagir com os seus modos e costumes próprios de coexistirem. Estar em trânsito pelas cidades proporcionam uma deriva investigativa nas memórias corporificadas que unem, separam e constituem cada lugar minimamente, promovendo aproximações e trocas de experiências entre artistas, trabalhadores da cultura e públicos locais. O espetáculo propõe em cena, e na rua, questões fronteiriças entre público e privado, participação e interação, ocupação e invasão, entre outras dicotomias que refletem as possibilidades e limites de se pensar, comportar e existir em cada cidade/estado/país. As intérpretes criadoras sugerem interatividade com ironia e dialogam sobre o sufocamento das normas nesse emaranhado de possibilidades que é a cidade humana e o humano cidade.

Ficha Técnica: Concepção: Ralfer Campagna | Intérpretes criadores: Jackeline Mourão e Ralfer Campagna | Orientação coreográfica: Vanilton Lakka | Figurino: Herbert Correa | Confecção figurino: Jane Rosa | Texto: Maíra Espíndola

*As informações relativas às atividades são de inteira responsabilidade da Unidade. A programação pode sofrer alterações sem aviso prévio.

Unidades