Sesc RJ Pulsar: JOÃOSINHO & LÁILA

1989 foi um marco para a história do Carnaval carioca. Naquele ano, um enredo polêmico sacudiu a sociedade com um profundo debate sobre a secular questão da desigualdade social no país. O enredo era Ratos e Urubus – Larguem Minha Fantasia, escolhido para o desfile da Escola de Samba Beija-Flor de Nilópolis. Por trás do enredo e da polêmica, João Jorge e Luiz Fernando, dois gênios da arte carnavalesca, notoriamente conhecidos como Joãosinho Trinta e Laíla, respectivamente. Geniais e geniosos, os dois construíram uma trajetória de produção criativa e campeã, e uma relação pessoal repleta de admiração recíproca, de um lado, e de conflitos e embates entre temperamentos e vaidades, de outro. O espetáculo JOÃOSINHO & LAÍLA tem foco nesses conflitos, tendo como recorte temporal o processo de criação do desfile “Ratos e Urubus” e os acontecimentos dele recorrentes (1988-1989), buscando jogar luz nos temperamentos, visões de mundo e de vida de cada um dos artistas. Em cena, Wanderley Gomes e Cridemar Aquino dão vida a Joãosinho e Láila, respectivamente; Ana Paula Black e Milton Filho desdobram-se em diversos papéis, auxiliados pelo músico Fábio D’Lélis. Junto com outros 3 músicos, o elenco ajuda não apenas a contar a história daquele desfile e seus personagens, mas, também, a levar para o público um pouco da dinâmica dos bastidores do Carnaval, a rotina dos barracões, os sambas de enredo e as figuras que compõem este universo. A literatura e o cinema já trouxeram a público o perfil do extraordinário Joãosinho Trinta. No entanto, Láila ainda não foi devidamente homenageado. Tampouco o relacionamento entre os dois foi contemplado fora do âmbito jornalístico. Essa lacuna pode ser preenchida, agora, pelo Teatro que, com essa montagem, propõe render sua homenagem ao samba e a essas relevantes figuras do Carnaval carioca, cujas vidas fazem parte da história da cidade do Rio de Janeiro e, em extensão, da história do país, dada a importância deste patrimônio cultural popular e histórico que é o Carnaval do Rio de Janeiro.

Ficha Técnica:
Elenco: Wanderley Gomes – (Joãosinho Trinta); Cridemar Aquino – (Láila); Ana Paula Black e Milton Filho
Músicos: Percussão: Felipe D’Lélis; Cavaco: Leo Antunes; Violão: Marlon Jr
Texto: Márcia Santos
Idealização e Direção: Édio Nunes
Direção Musical: Marcelo Alonso Neves
Cenário e Figurinos: Wanderley Gomes
Iluminação: Valdeci Correa
Ass. Geral e Produção executiva: Leandro Melo
Programação Visual: Marcos Acher
Assessoria de Imprensa: Alessandra Costa
Redes Sociais: Fernanda Portela
Apoio: GRES. Beija Flor de Nilópolis

Unidades

Sesc Copacabana

Domingo, Quinta, Sexta e Sábado, 19h | 12 anos | Gratuito | Pago | PCG

Arena
Redes Sociais:
 Instagram e Facebook: leleandromelo

R$30,00 (inteira), R$15,00 (meia entrada para casos previstos por lei, estendida a professores e classe artística mediante apresentação de registro profissional), R$7,50 (credencial plena Sesc), gratuito (público PCG).

Marcar na minha agenda do Google