Sesc Copacabana apresenta a peça “Ao redor da mesa, com Clarice Lispector”

No ano do centenário da escritora, peça inédita promove o encontro da escritora consigo mesma em dois momentos de sua vida e provoca o público com questões sobre arte, política e gênero.

Com elenco premiado, estreia em 5 de março, no Sesc Copacabana, a peça “Ao redor da mesa, com Clarice Lispector”. A dramaturgia tem a assinatura da escritora e professora da PUC-Rio Clarisse Fukelman, que acionou mais de 30 anos de pesquisa, publicações no Brasil e exterior e adaptações da escritora. Resultou uma proposta ousada e inovadora. Não é adaptação de um texto, nem colagem de cenas de livros diversos. É uma íntima e intensa conversa com temas candentes que perpassam toda a obra da escritora.

A peça se passa no início dos anos 60, quando a escritora (Gisela de Castro) recebe a inesperada visita dela mesma (Ester Jablonski), vinte anos mais velha.  As duas põem as cartas na mesa e discutem escolhas de vida e de linguagem. Frente a frente, confrontam-se a Clarice recém-separada, com filhos pequenos e já desfrutando do prestígio da crítica, e a Clarice no fim da vida, amarga e solitária, com projeto de escrita que radicaliza propostas anteriores.

O inusitado encontro traz discussões sobre processo criativo e as experiências de amizade, maternidade, corpo e amor. Por que e para quem escrever? Como futuro e passado nos mobilizam? O que é ser escritora mulher? Nesse percurso, a peça entremeia cenas de várias obras da escritora (interpretadas por Ana Barroso e Jaelson Medeiros), destacando a atualidade do olhar de Clarice sobre preconceito, discriminação étnica, conflitos de geração e comunicação entre familiares e amigos.

No espetáculo, Lispector sai do pedestal mítico e se revela uma artista de personalidade complexa, ligada a dramas sociais e humanos e à intensa busca do autoconhecimento: “preciso fazer um retiro espiritual e encontrar-me enfim – enfim, mas que medo – de mim mesma.”. O público acompanha situações cotidianas que ganham uma inflexão filosófica, indo desde a denúncia da solidão na adolescência e na velhice à perda de nossa conexão do ser humano com a natureza.

Com direção musical de Liliane Secco, há inserções de música erudita, do folclore  judaico e sugestões de rap e de cordel. Embora Lispector tenha afirmado que a palavra é a sua “quarta dimensão”, ela também se confessa “uma eterna apaixonada por palavras, música e pessoas inteiras”. A peça encerra com uma “Ode a Macabéa”, protagonista do último livro publicado em vida e síntese da poética da escritora.

“O respeito pelo diferente não é fácil, como sugerem a publicidade e o romantismo fora de hora. Fechados em nossos casulos, esquecemos do permanente aprendizado com a língua e a vida e de que pertencemos ao mundo em igualdade com outros seresLispector nos faz pensar a respeito, ainda mais quando mediada por esse time maravilhoso que dá vida ao projeto”, diz Clarisse Fukelman, que também assina o posfácio de “Laços de Família” a ser relançado em 2020, como parte das comemorações.

SERVIÇO

“Ao redor da mesa, com Clarice Lispector”

Sesc Copacabana (Mezanino): Rua Domingos Ferreira, 160 – Copacabana – RJ

5/3 a 29/3 | 5ª a domingo, 20h | 12 anos |

Ingressos*: R$ 30 (inteira), R$ 15 (meia) e R$ 7,50 (associados Sesc)

Horário da bilheteria: 3ª a 6ª das 9h às 20h; sáb, dom e feriados das 12h às 20h

Doação de 1 quilo de alimento não perecível garante desconto de 50% de desconto sobre a tarifa correspondente

Notícias relacionadas

Ver todas as notícias

Resultado do edital para Incubadoras de Economia Criativa do Sesc RJ sai no dia 5/5

Veja mais

#ConectadosPeloSocial | Equipe Sesc responde prontamente às novas necessidades sociais

Veja mais
Mesa Brasil Sesc no Mondial de La Biere

Mesa Brasil Sesc doa alimentos a circos, fechados por causa do isolamento social

Veja mais
Café da Tarde Virtual - TSI - Idosos Sesc Copacabana

Sesc Copacabana organiza Café Virtual com idosos durante a quarentena

Veja mais