BiblioSesc

Sesc RJ inicia a gestão das bibliotecas municipais da Ilha do Governador e de Botafogo

Chegada do BiblioSesc, biblioteca itinerante da instituição, no Cocotá marca o início das intervenções na biblioteca pública Euclides da Cunha. Sesc também vai administrar a biblioteca Machado de Assis. Em parceria com a Prefeitura, os espaços terão os acervos renovados e serão transformados em unidades Sesc, com apresentações artísticas e serviços gratuitos de cultura, assistência, educação, saúde e lazer.

O BiblioSesc, biblioteca itinerante do Sesc RJ, chegou à biblioteca municipal Euclides da Cunha, no Cocotá, Ilha do Governador, marcando o início da gestão do espaço pela instituição, que também assumiu a administração da biblioteca Machado de Assis, em Botafogo. A iniciativa é resultado de uma parceria entre o Sistema Fecomércio RJ e a Prefeitura do Rio no âmbito do programa Bibliotecas do Amanhã, que visa recuperar e modernizar espaços de leitura da cidade, ampliando a visão das bibliotecas como espaço de convivência e conhecimento.

Enquanto o Sesc não inicia as intervenções na biblioteca Euclides da Cunha, previstas para março, o público terá a oportunidade de consultar ou pegar emprestadas as cerca de 4 mil obras disponíveis no BiblioSesc, tendo uma amostra do trabalho que a instituição realiza, há quase 20 anos, no incentivo ao hábito da leitura. A biblioteca itinerante do Sesc funciona em um caminhão adaptado, que circula o estado com o objetivo de formar leitores.

Para pegar até três livros emprestados de forma gratuita, com prazo de devolução de 14 dias, é necessário fazer um cadastro na unidade móvel, apresentando carteira de identidade, CPF e comprovante de residência. Menores de 12 anos de idade devem estar acompanhados pelo responsável. O caminhão do projeto BiblioSesc ficará estacionado junto à biblioteca Euclides da Cunha de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.

Muito mais que leitura
O Sesc RJ assumiu a gestão das duas bibliotecas por 20 anos e vai transformá-las em novas unidades, que vão se chamar Sesc Cocotá e Sesc Botafogo, mantendo o caráter público e gratuito dos espaços. Anunciada no início deste mês, a iniciativa vai recuperar a infraestrutura, renovar e ampliar o acervo de livros, criar espaços para atividades educativas, com computadores e acesso à Internet e oferecer uma ampla gama de serviços relacionados aos pilares de atuação do Sesc: cultura, educação, lazer, assistência e saúde.

Ambas as bibliotecas estão fechadas para avaliações técnicas. Na Ilha do Governador, o atendimento aos usuários está sendo feito, temporariamente, pelo BiblioSesc, instalado no estacionamento do espaço. A obras estão previstas para início em março.

Modernizados, os espaços seguirão os preceitos do Biblioteca Sesc XXI, um conjunto de diretrizes nacionais da instituição que entende uma biblioteca como espaço de convivência e de conhecimento – e não apenas de acervo literário. O Sesc planeja agregar as bibliotecas e seus entornos à sua agenda de atividades, levando ao local manifestações artísticas em diferentes linguagens e outros projetos reconhecidos pela sociedade fluminense.

De acordo com o presidente do Sistema Fecomércio RJ, Antonio Florencio de Queiroz Junior, o projeto Bibliotecas do Amanhã foi visto como uma oportunidade de o Sesc RJ criar uma nova base fixa de atuação na Zona Norte do Rio e, assim, ampliar o alcance das suas ações na região, além de reforçar na Zona Sul.

“Entendemos que a leitura é uma das atividades mais básicas e necessárias para a qualidade de vida, já que ela proporciona o pensamento crítico e fornece as bases para que crianças, jovens, adultos e idosos exerçam com plenitude a sua cidadania. E já que vamos passar a ter uma base fixa na Ilha do Governador, aproveitaremos a oportunidade e levaremos à comunidade local tudo que o Sesc tem a oferecer no âmbito das artes e do bem-estar, assim como pretendemos fazer em Botafogo”, diz o presidente da Fecomércio RJ.

Ambas as bibliotecas passarão a integrar a Rede Sesc de Bibliotecas do Rio de Janeiro, hoje composta por outras 21 unidades abastecidas por mais de 72 mil obras. Ao fazer parte da rede, as duas bibliotecas terão o benefício do intercâmbio de obras, que permite aos leitores pesquisarem e solicitarem, para empréstimo, exemplares do acervo de outras unidades da rede.

Acompanhe nossas notícias também em nossas redes (YouTubeInstagram e Facebook) e fique por dentro das novidades do Sesc RJ.

Outras Notícias

Ver todas as notícias
sesc rj flamengo

Sesc RJ Flamengo se despede da Superliga em terceiro lugar

Veja mais
Mesa Brasil Sesc RJ

Mesa Brasil Sesc RJ recebe doação de 22 toneladas de biscoito da Mondelez para municípios afetados pelas chuvas no estado

Veja mais
Sesc RJ Voe

Sesc RJ Voe seleciona ONGs do estado para um programa gratuito de aceleração

Veja mais
Sesc+ Infância

Sesc+ Infância: confira a lista de classificados!

Veja mais