Fique por dentro das principais dúvidas sobre a dengue

Faça parte da luta contra à dengue

Fique por dentro das principais dúvidas sobre a doença.

A dengue é uma doença viral transmitida principalmente pela picada do mosquito Aedes aegypti. Ela causa sintomas como febre alta, dores musculares e, em casos graves, pode levar a complicações como hemorragias internas e choque hemorrágico. A prevenção é crucial, uma vez que não há tratamento específico para a dengue.

Embora seja uma preocupação de longa data, algumas pessoas ainda têm dúvidas sobre sintomas, causas e o que fazer em caso de diagnóstico. Por isso, convidamos a Analista de Educação em Saúde, Denise Anjos, da área de Saúde do Sesc RJ para responder as dúvidas mais frequentes do nosso público.

Confira abaixo os principais e mais recorrentes questionamentos sobre a dengue:

Quais são os sintomas da dengue?
A dengue pode apresentar diversos sintomas, depende de alguns fatores, mas os mais comuns são: febre, dor de cabeça e atrás dos olhos e dor no corpo. Em casos também podem aparecer dores abdominais e hemorragia, sendo que esses sintomas sinalizam casos mais graves.

Tem algum grupo que seja mais vulnerável?
Qualquer pessoa pode se contaminar, não existe uma diferenciação do que diz respeito à contaminação. Mas pessoas com doenças crônicas, gestantes, crianças menores de 2 anos e idosos acima de 65 anos são mais suscetíveis às complicações.

Como as pessoas podem prevenir a contaminação de dengue?
O mosquito aedes aegypti é o vetor da doença, então a melhor forma de prevenção é eliminando os possíveis focos dele. A reprodução do mosquito se dá em água parada, e, principalmente, limpa, então é importante verificar os espaços onde circulamos. Os vasos de plantas, pratinhos de água para pets, eventuais garrafas ou recipientes em áreas abertas devem ser verificados semanalmente para evitar a proliferação.

Podemos usar repelente para evitar a picada do mosquito?
Podemos sim, o uso de repelentes é muito importante, mas devemos atentar que apenas os repelentes que contém icaridina na sua composição são eficazes no combate ao mosquito da dengue. Outro cuidado é referente a idade indicada pelo fabricante para o uso do produto, principalmente em crianças que tem produtos específicos para crianças abaixo de dois anos.

Qual medicamento cura a dengue?
Não tem nenhum medicamento que cure a dengue, especificamente. Quando há o diagnóstico, o tratamento se dá sobre os sintomas que são apresentados pela pessoa, além de muita hidratação e repouso.

Se eu estiver com dengue posso contaminar a minha família se ficar próximo deles?
A contaminação se dá apenas através da picada do mosquito aedes aegypti que esteja contaminado, não existe contaminação de pessoa para pessoa. Então não há problema em ter contato com outras pessoas se estiver contaminado.

Só existe dengue no Brasil?
Há registro da doença em diversos países das Américas, bem como em outros continentes como África, Ásia, Austrália, e na Polinésia Pacífica, não apenas no Brasil.

As pessoas que já tiveram dengue podem se contaminar de novo?
Podem sim. Existem 4 tipos de vírus que causam dengue, depois de se contaminar com um desses tipos, ela desenvolve anticorpos para aquele vírus específico, mas está suscetível a desenvolver a doença novamente se houver a contaminação pelos outros tipos. Por isso é importante manter os cuidados e a prevenção.

Saiba mais sobre as ações de Saúde clicando aqui.

Acompanhe nossas notícias também em nossas redes (YouTubeInstagram e Facebook) e fique por dentro das novidades do Sesc RJ.

Outras Notícias

Ver todas as notícias
sesc rj flamengo

Sesc RJ Flamengo se despede da Superliga em terceiro lugar

Veja mais
Mesa Brasil Sesc RJ

Mesa Brasil Sesc RJ recebe doação de 22 toneladas de biscoito da Mondelez para municípios afetados pelas chuvas no estado

Veja mais
Sesc RJ Voe

Sesc RJ Voe seleciona ONGs do estado para um programa gratuito de aceleração

Veja mais
Sesc+ Infância

Sesc+ Infância: confira a lista de classificados!

Veja mais