Educação Infantil e a pandemia

Entre Nós: Educação Infantil com integração familiar durante a pandemia

A equipe de Educação do Sesc RJ fala sobre o projeto Entre Nós, que atua na educação infantil desde 2015. Nesse período de pandemia, ele conta com a ajuda da tecnologia, que tem incentivado um aumento na participação das famílias na educação das crianças. 

O projeto Entre Nós acontece desde a inauguração das Escolas de Educação Infantil do Sesc RJ, em 2015, e visa reforçar a importância da inclusão das famílias através do compartilhamento do cotidiano das salas de aula que funcionam nas unidades de Niterói e Nova Iguaçu. Os encontros eram quinzenais ou mensais, sempre com um ótimo índice de participação e engajamento. Em abril, o projeto ganhou sua versão virtual e foi se fortalecendo. Atualmente, mais de 250 famílias participam conosco.

“Durante as atividades com as crianças, era nítido o interesse dos pais. Percebendo a importância dessa troca, asseguramos um lugar de acolhimento específico para os adultos. A tecnologia favoreceu a organização, permitiu que nos conectássemos e a atividade virou um ponto de encontro, uma oportunidade de falar da vida, de trocar saberes e sorrir”, comenta Adriana Santos, Gerente de Educação do Sesc RJ.

Desde então, foram realizados encontros e diálogos por aplicativos de webconferência e pelos grupos de WhatsApp para discutir temas, sugerir textos e filmes acerca de assuntos elencados pelas famílias. Os conteúdos são eleitos pelos participantes e vão desde contação de histórias, textos para reflexão e leitura de poesias, até discussões sobre direitos, etnias, oportunidades e respeito.

A mediação é realizada pela equipe pedagógica das escolas. A diversidade de horários e dias são definidos pelos grupos para favorecer as adesões. Nos encontros, os familiares também são convidados a compartilhar seus conhecimentos. Selma, avó de Ana Letícia (3 anos), fez um vídeo tutorial ensinando os participantes a fazerem o fuxico para a construção do tapete coletivo quando retornarmos às atividades presenciais. Sempre que possível, recebemos também convidados, como a professora doutora da UFF, Andrea Serpa, que nos contou a história da Moça Tecelã para dar ênfase aos trabalhos com talentos e habilidades.

Como consequência desse diálogo aberto, alguns pais participaram da Live Solidária sobre Atemporalidade e Cuidados na Infância, realizada no dia 22 de maio, no canal do Sesc RJ no Youtube, e falaram um pouco sobre a nova rotina com os filhos em casa.

Conheça melhor o trabalho da equipe de Educação do Sesc RJ.
Fique por dentro das notícias do Sesc RJ clicando aqui.

Notícias relacionadas

Ver todas as notícias
Sesc RJ Flamengo - Copa Brasil

Sesc RJ Flamengo enfrenta Sesi Bauru pela Copa Brasil

Veja mais
Mesa Sesc Brasil RJ

Mesa Brasil Sesc RJ distribuirá 4 toneladas de alimentos para vítimas do incêndio em Santa Cruz

Veja mais
Sesc rj flamengo

Sesc RJ Flamengo vence o Pinheiros por 3-0

Veja mais
Se não agora quando

“Se não agora, quando?” aborda a solidão e a depressão no isolamento social 

Veja mais